Categorias

Luminárias na decoração

Com o avanço do design e da tecnologia, as luminárias já fazem parte dos ambientes como um objeto necessário e não apenas como uma peça luminosa. O mercado decorador entendeu que artigos de iluminação pertencem à diversos nichos do ramo, vai das produções artesanais até a mega engenhos para produção em massa. O que não deixa de valorizar os objetos, mas com o passar do tempo o que vem chamando atenção, principalmente em peças de luxo, são os desenhos e formatos que apesar de ficarem muitas vezes suspensos ao teto, são os produtos que mais chamam atenção nos ambientes.

A beleza do objeto, seus traços de extremo glamour são essenciais na hora de ambientá-las, mas não se pode esquecer da função principal delas, a iluminação. Não adianta de nada ter uma linda luminária sobre a mesa de jantar, se ela deixa a desejar no quesito luz, para determinados ambientes a diferença tanto de lâmpada quanto de luminária em si.

Podemos classificar as luminárias entre técnicas e decorativas:

As técnicas existem nos modelos de embutir, sobrepor, pendentes e arandelas, cuja distribuição do facho luminoso pode ser direta, indireta, direta/indireta, assimétrica ou difusa.

As decorativas são formadas por lustres, abajures (luminária de mesa), arandelas, spots, abajures de piso (luminária coluna), pendentes e plafons.

O que determina o preço das luminárias? Bom, essa é a dúvida de muitos que estão entre decidir por algo simples e bonito, ou algo com design diferente, lindo também, porém mais caro. E a resposta para essa variação de valores vai bastante do material e a mão de obra posta sobre aquele artigo. Formatos, acessórios, acabamento e nacionalidade influenciam no valor da etiqueta. E claro, a marca assinada na peça conta muito no preço final.

Cadastro de E-mail

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades e promoções que a Adoro Presentes tem pra presentear quem você ama.